Levindo Barros será o tema do Samba Enredo da Acadêmicos do Caxangá no Carnaval de 2025

Levindo Barros será o tema do Samba Enredo da Acadêmicos do Caxangá no Carnaval de 2025

Aconteceu no auditório do Fórum Cultural, na noite desta terça-feira, 7 de maio, a solenidade de apresentação do tema do Samba Enredo 2025 da Escola de Samba Acadêmicos do Caxangá. A agremiação estará colocando na Avenida Valoz David, a história do jornalista e grande incentivador da cultura, com o enredo: "Extra! Extra! O Caxangá vai cantar: Levindo Barros, o Gigante da cultura de Ubá!",

Dj Gersinho foi quem deu a ideia do nome do Levindo Barros para ser homenageado pela Escola, fez a abertura do evento que contou com diversos integrantes do Grupo Notorio Saber e da Casa de Cultura Levindo Barros.

A mesa foi composta pelo Presidente da AESBU (Associação das Escolas de Samba e Blocos de Ubá) Cláudio Cesar, pelo Presidente da Acadêmicos do Caxangá, Roberto Druda, pela irmã do Levindo, Bete Barros, pelo produtor cultural do município representando o secretário de Cultura Beto Silva, Wesley Heleno e pelo Carnavalesco da escola, Aurélio Pimenta.

Na ocasião a sinopse com o histórico de vida de Levindo Barros foi disponibilizado para os compositores presentes. O concurso que vai escolher o samba enredo será no dia 18 de agosto em local ainda a ser definindo.

Natural de Ubá-MG, Levindo Barros é bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora, com habilitação em Jornalismo (1983).

Residiu durante 06 anos em Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, onde trabalhou nos dois expressivos jornais diários da capital sul-matogrossense: o jornal Correio do Estado e o Jornal da Manhã; além de ter colaborado no campo cultural para o Jornal do Brasil Central e para a Revista MS Cultura.

Ainda em Campo Grande, exerceu como Jornalista profissional, cargos no Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, tais como: Assessoria de Imprensa e Coordenadoria Geral de Comunicação Social da Governadoria.

No setor Cultural, trabalhou na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, respondendo como Coordenador de Difusão Cultural daquele órgão e responsável pela difusão cultural do Teatro Aracy Balabanian, também em Campo Grande.

Ao retornar à sua terra natal, Ubá, Levindo Barros colaborou com o extinto jornal O Repórter e com o Suplemento Zona da Mata do jornal Estado de Minas.

Trabalhou no SENAI de Ubá.

Integra a Equipe de Colaboradores do jornal GAZETA REGJORNAL, desde a sua fundação em abril de 1997, com ênfase nas editorias de educação e cultura.

Já participou de diversos movimentos sociais e culturais de Ubá, entre eles: Grupo Sanatório Geral; Movimento Cultural Palmares e IMLOR – Instituto Maria de Loreto Camilo Rocha.

 Participa como, Jornalista voluntário, da APAE de Ubá desde o ano de 2003.

No campo literário, já participou de diversos concursos de Poesias, Crônicas e Contos. Obteve o 1º lugar no 5º Concurso de Poesia “Leocádia Godinho e Siqueira”, promovido pela Prefeitura Municipal de Ubá, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, com a poesia intitulada “Um Passeio pelas Ruas de Ubá”.

Na área da preservação do patrimônio histórico-cultural, foi membro do Conselho do Patrimônio Cultural de Ubá, nas administrações dos prefeitos Dr. Antônio Carlos Jacob (2001-2004) e Dirceu dos Santos Ribeiro (2005-2008). Participou como um dos relatores no trabalho de pesquisa do processo de reconhecimento como Bem Cultural da centenária Sociedade Musical “22 de maio” e também da Sociedade Ubaense de Congados Nossa Senhora do Rosário.